.

.

14 de nov de 2011

Do outro lado.

 
A verdade é que o Amor gosta de entrar em contradição, nessa coisa de "Amar e não ser correspondido" ou então, fingir não saber que alguém "tem laços afectivos por você".
Reparei que talvez, ninguém irá ficar satisfeitamente bem com o Amor, afinal, nós somos humanos, não conseguimos nem ao menos tolerar nos mesmos, quanto dirá o próximo.
Ainda pouco reparei que não importa o quanto você se dedique, se importe se machuque por alguém, se a mesma não te corresponder, não irá adiantar de nada, você escolheu ama-lá! Você não, o seu coração. Escolheu ela mesmo tendo mil defeitos e mil motivos para desistir, seu coração continuará chamando ela, independente da dor ou magoa.
Essa é a parte que ninguém conta, a parte do individualismo, onde você não escolhe ser sozinho e simplesmente aceita o fato de ser somente um, em uma relação à dois que nunca ocorreu. Essa é a parte, que machuca, que faz você se sentir um nada sem a pessoa amada, e, acha que a ferida nunca irá cicatrizar! Que o tempo nunca irá passar para quem teve seu mundo paralisado por alguém.

- Bruna Carmona 


Nenhum comentário:

Postar um comentário