.

.

31 de jan de 2011

30 de jan de 2011

O dia..

Em que você vier falar comigo, manda mensagens, falar que tem pensando em mim, como antes, dizer que tem coisas que fazem você lembrar da minha pessoa, realmente se importar e reparer em pequenos detalhes quando estiver distraida. Vai ser o dia que vou estar pronta pra dizer tudo que está guardado aqui. <\3
 

Poderíamos casar


Teríamos um apartamento. Eu não admitiria o quanto você fica bonito quando bravo e você não diria que lembra da cor do sapato que eu usei quando nos vimos pela primeira vez. Adiaríamos o despertador umas trinta e duas vezes só para ficarmos horas na cama enrolando e falando qualquer besteira. Você me ensinaria alguma coisa sobre futebol, e eu te convenceria a assistir aquele filme no cinema. Sentaríamos na sala de pijama e pantufas. Sairíamos pra jantar em algum dia de chuva e não nos importariamos em chegarmos encharcados. Dormiríamos com o computador ligado. Nos beijaríamos no meio de alguma frase. Eu riria sem motivo e você perguntaria porque, eu não responderia. Saberíamos. Poderíamos casar

créditos: http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=57889378 

28 de jan de 2011

Bruna :)

Sempre quis fazer com que as pessoas enxergassem outra Bruna que tem aqui, uma mais profunda, uma mais escondida. Quem me conhece sabe que sou toda feliz, mas, na verdade é que guardo magoas que só deixo me dominar quando estou sozinha, é uma questão de defesa. Chorar é algo que não é pra mim. Não gosto de mostrar que choro que nem criança, porém, choro tanto quando vejo algum filme que é de romance.
Algo que ninguém quase sabe sobre a Bruna, é que ela é muito 'romantica'! Tenho um pé muito grande na casa do amor, isso vai de filmes à letras de canções, qualquer tipo de declaração de afeto, realmente faz meu coração amolecer e fazer com que fique torcendo para que ache, um dia, algo igual ou semelhante a tudo que penso a respeito de relacionamentos.
Tenho um caderno onde conto todos os dias sobre o que acontece comigo, se estou chateada, brava, triste, feliz, enfim, a maioria das coisas é romântica e textos não terminados, apenas rascunhos.Corações e nomes de pessoas que são importantes.
Sou meio carinhosa, as vezes, até demais. Criar pequenos "afetozinhos" pelas pessoas é meio comum pra mim, não vou ser hipócrita e dizer que amo a pessoa, não não é isso! Mas, gosto das pessoas inclusive as novas, a gente pode 'trocar historias' isso acaba sendo legal pra mim, mas, nem sempre a pessoa sente o mesmo que você.
Sou ansiosa e muito insegura, tudo por causa das minhas tias, não gosto de mim "pelo corpo", preferia ser mil vezes magrela, acho que esse papo de "peito e bunda", definitivamente não é pra mim! E, não me aceito assim, porque me acho gorda é.
Tenho um coração e reservei ele para um moço, aquele que julgar fazer bem para meu coração e a mim! Mas, para isso, preciso ter certeza que realmente gosto dele e ele de mim, não gosto mais desse papo de "vamos ver no que dá", gosto de planos ainda mais quando é a pessoa que nós mais gostamos, é inevitável não querer ela, fazer planejamentos para ambos. Isso acaba sendo primordial mesmo sendo nova! Sempre achei que nós, humanos nascemos para constituir uma família e que mesmo com alguém do nosso lado, podemos "aproveitar o máximo" que a vida dá. Nunca fui muito fã de que "precisamos de uma lista" de ex-namorados ou affair.
Tenho muitos projetos para a vida, principalmente profissional. O sonho de ter uma marca ou loja é tão grande quanto a vontade de entrar nesse mundo "de moda". Confesso, que antes, acreditava ser futilidade mas, quando achamos algo que nós realmente somos bons, fica tão mais gostoso e fácil de adquirir conhecimento por tal coisa.
Há quem diga que meus pais são "muito antigos", que tem que ter seus limites, mas, não gosto quando falam isso, de verdade. Só EU posso falar deles, porque só EU passei e passo ainda essa situação um pouco "inacreditável" perto dos jovens de hoje em dia... Mas, sei que me tornei o que sou , graças à eles! Pessoas que falam que não gostam da família, merecem meu total desprezo!
Talvez, não tenha duas Brunas, na verdade só uma. Que quase ninguém sabe ver.

25 de jan de 2011

"Ela só canta, quando encontra você"

O coração não diz...

Pretendia dizer que todas as noites antes de dormir, fico relembrando de tudo, tudo e tudo que relaciona você! Dizer, que quando não conversávamos, ficava imaginando se você tinha achado alguém mais interessante e que minha vontade de falar que você era importante pelo menos pra mim era enorme, afinal, você vive aqui. Pretendia dizer que talvez não fosse a mais bonita pra você, mas, que você é o mais bonito pra mim e ninguém há de roubar esse titulo!
Que quando mexia a boca para o lado, pensava que faria a mesma cara, quando eu falasse alguma asneira. Falar que todas as manhãs, antes mesmo até de levantar você se encontrava em meu pensamento! E, eu boba que sou, ficava imaginando a gente juntos. Dizer, que queria e ainda quero, confesso, ser só sua; porque desde daquele dia, só tenho pensado em você.
Que ao longo do dia, ouvir musicas e mais musicas apaixonadas achando que de alguma maneira você podia me ouvir!
Ter sonhos com você me fazia acordar mais aliviada e cada dia que passava, as coisas aqui dentro iam se firmando como se a cada dia, você desse "motivinhos" para que ficasse aqui, nem o mais simples, o meu coração guardava.
Que de tanto teimar, o medo vem me dizer que ainda não é a hora certa, fico tentando adiar isso cada vez mais e que de maneiras diversas e  até indiretas tentava dizer que aqui, no meu coração, depois de muito muito tempo só existe você. E a repetição de você no texto só não é maior, porque você consegue aumentar esse numero aqui, no meu coração!

24 de jan de 2011

photo: Bruna Carmona

Existem duas coisas.

Duas dores, a sua e a minha. A diferença é que se você sente dor, eu tento ameniza-la!
E, quando eu sinto dor, foi porque você causou!

Folhetim - Luiza Possi

E eu te farei as vontades
Direi meias verdades
Sempre à meia luz
E te farei, vaidoso, supor
Que és o maior e que me possuis

Qual é o limite?

Nunca fui muito de sair, nunca mesmo, se não fosse com meus pais não era mais com ninguém, quanDo se é criança, você acaba se distraindo com coisas "mais legais", bonecas, brincadeiras e até a propria imaginação.
Porém, não sou mais criança, definitivamente, não há como me distrair.
Não gosto de usar a expressão "o mundo lá fora", porque me faz sentir cada vez mais fechada, mais presa, agonizada! Mas, não tem palavra melhor que se encaixe a isso!
Nunca fui de querer coisas as mais, até sou meio careta em relação a certos tipos de coisas, não estou pedindo pra sair e encher a cara, muito menos para ir na balada pegar todo mundo, não sou disso e nunca vou ser!
Acredito que a violencia está em todo lugar, mas, o que na verdade falta é confiança. Estou nos meus 17 anos, e já ouvi mil e uma vezes que tenho uma cabeça boa, realmente tenho, mas, vocês ainda custam a acreditar que sou uma idiota influenciada por todos. Que quando sair de casa vou me afundar em drogas, sexo e derivados!
Acho incrivel a capacidade de vocês terem zelo comigo, pro "mundo la fora", mas, jogarem na minha cara que sou grandinha o bastante para ir trabalhar ou cuidar da casa! Ironia, não?
O que me dói, é que sempre são coisas simples, com horarios marcados para a volta e com quem ando, não bebo, não fumo e não sou qualquer uma e mesmo assim, nada de ter excessões! Dizem, que seus pais fizeram a mesma coisa com você, mas vivem usando a frase de: "Quando era mais novo (a)"!
Vocês me cansam, cada dia mais!

23 de jan de 2011

Obrigado! Amigo!

brυυ cαrmonα . disse (23:18)
entendo.
eu senti isso ja
isso chama 'saudade de melhor amigo'
a vontande enorme de falar sobre tudo que passa ai dentro, e o que não passa dividir sensações e sentimentos, risadas e bobeiras tudo com só uma pessoa, talvez a que voce mais confie!
Yago diz (23:20)
ta nada mano
tem uma foto que ela tá com o cabelo curto, tipo curto mesmo, meio que raspado, mas ficou muito legal nela
parece que finalmente eu me conformei que não tem volta
se eu falar que a esqueci, é mentira, mas tbm não penso em voltar

22 de jan de 2011

Pare de me visitar"



Eu te imploro! Pare de tirar meu sono, e apenas, me visite nos meus sonhos, onde posso sentir o conforto dos seus abraços, já que eles na vida real, talvez... Não me pertença.

Do outro lado.

Será que se soubesse que alguém tem pensando em mim, o tanto que tenho pensado em você, ficaria feliz? E você, se soubesse que tenho pensando muito em voce, no meu lugar, ficaria feliz?

É maior do que palavras.

Tenho vivido um momento que não achei que fosse passar tão cedo, depois da queda que meu coração levou, jurei a mim mesma que seria tão sensata e adulta como nunca tinha sido antes. Que faria de tudo para que no momento certo você soubesse o quanto gosto de você.
Só que com o passar do tempo, reparei que não se tratava apenas de um sentimentos e sim de coisas que também pesam em relação ao meu amor.
O mundo é egoísta em relação a várias coisas e até em amor. E, tudo começa quando você criar um pequeno afeto por alguém e quando ele tende a crescer você acredita que já não pode mais viver ser aquela pessoa, faz de tudo para que ela note você e o tanto que gosta dela. Quando conquista, vê que não é tudo flores e revela isso com um objetivo de ela mudar, mas, não faz muito para conhecer a pessoa que está ao seu lado, ai quando você se cansa a descarta como se fosse algo tão simples, achando que está na razão, que a pessoa é mil e outras coisas e você estava enganada. Certo? ERRADO!
A humanidade tem um amor desprovido do futuro, querem tudo na hora, sem pensar muito ou fazer planos com quem "supostamente ama". Conhecer a pessoa pela qual está apaixonada é primordial, ninguém pode viver de uma idealização, de algo que não existe.
Passei um bom tempo tentando entender você, te conhecer mesmo que seja pequenas coisas, quis me aproximar de você cada vez mais, só para quando olhasse algo que me fizesse lembrar e ao mesmo tempo me levar um pouco mais para perto de ti. Para que quando chegasse a hora, estaria pronta pra te dizer que você era a pessoa que estive procurando o tempo todo!
Era tantas coisinhas pequenininhas guardadas, que hoje já não há um dia que não passo sem lembrar pelo menos de alguma frase ou coisa sua. É tudo muito automático. Com o tempo, criei pequenos planos para chegar até você e fazer com que você lembrasse de mim ao menos um segundo, não para me sentir importante, apenas para você lembrar que do outro lado tinha alguém que achava que você era a parte mais bonita do mundo dela. Desses planos, tirei apenas alguns que conservo até o dia de hoje, que você teria que perceber que tinha alguém que se importava contigo, mesmo não estando perto! Porque, lembro dos dias da sua ausência parecia que uma parte estava longe, ela poderia se machucar e não voltar mais. Juntei os joelhos e pedi para Deus te proteger de todo mal ou perigo, porque ele estaria lá contigo, para o guardar.
Fico bolando planos para lhe falar que sinto uma falta de algo que não é meu, que sinto saudade de conversar e ouvir suas historias. Falar que desde aquele dia, tamanha empolgação que tive fez com minhas pernas ficassem bambas ou que segurei a respiração quando te vi vindo em minha direção. Porém, se for para me chamar de covarde, que chame! Me falta coragem em lhe dizer, que sou louca por você!
Não sou de desejar a minha situação para ninguém e sei que não é fácil, ainda mais quando envolve uma terceira pessoa, sei que meu lugar é aqui e me conformo que não posso contar agora, seria tolo da minha parte. Que tudo parece ser "artificial", mas, não é! É tudo muito sincero, parece que é diferente, vem do nada, sem muitos motivos me mostrou que o certo era continuar, mesmo sendo difícil e que não tira minha vontade de criar planos sérios ou dar passos para chegar até você, arriscar o meu coração mesmo que ele quebre a cara para contar que não importa se você é bonito ou feio, legal ou chato, engraçado ou sem graça, eu gosto! Eu gosto desse seu jeito bobo, da maneira que anda e de como se acha um idiota, não importa para mim! E que pra mim, parece alguém tão diferente e extremamente lindo. Afinal.... Meus olhos vão brilhar por você.

17 de jan de 2011

Quero aos poucos

Sentir sua falta, lembrar de você e da maneira que sorri. Ao poucos, quero que chegue perto do meu coração, para aos poucos... Me sentir no céu!

3 de jan de 2011

tão meloso e extremamente lindo!

Por toda a minha vida eu estive procurando por você, como eu sobrevivi nesse mundo antes de te conhecer? (...) E eu irei retribuir tudo que eu tenho guardado em mim, porque nada nunca pareceu tão certo quanto isso está parecendo agora!
Eu vou voltar para a época antes de nos conhecermos, tentar apagar o passado, tentar esquecer... Porque nada nunca será tao bom quanto aqui e agora! (...)
Eu sempre soube que eu encontraria alguém, eu nunca sonhei que seria assim. Porque você excedeu tudo que eu esperava e tudo que eu já sonhei e eu estou tentando tanto, com todo o meu coração e mente, fazer a sua vida ser tão boa quanto você tem feito a minha. Relient K - The Best Thing (tradução)