.

.

27 de dez de 2010

Não acreditei, quando olhei no espelho, eu parecia uma Bruna tão mais... velha! Como eu consegui amadurecer tanto em tão pouco tempo, acaba sendo um pouco estranho, afinal... Você passa um longo tempo imaginando, fazendo e sonhando com planos que se acabam em tão pouco tempo, e isso faz com que você caia na real... Que a certeza do amanhã não é tão grande e que seu amor não vai durar pra sempre.
Me encontei sozinha durante muitas situações, precisei de socorro como uma criança precisa da mãe... Mas ao contrario disso, acabei mexendo nas pequenas lembranças de mágoas e dor que tive lá trás e achei as respostas pra todo meu sufoco. O tempo! O tempo cura tudo, nada é pra sempre, dor não é pra sempre,porém, marcas sim! Marcas do seu passado fazem você ser alguem melhor, faz você ser quem realmente é. Mas, a dor passa, todo machuado há de passar. A vida deu essa tregua ao ser humano. Então, cai na real somente esse ano.
Acreditei também, que esse ano de 2010 era para ser um ano de muitas mudanças, que ia mudar minha vida e que seria tudo "maravilindo". Pois é, ela mudou, não foi tudo supostamente maravilhoso, mas foi um ano de aprendizado e amadurecimento, como pessoa, com as pessoas e com os meus pais. Porque foi esse ano que eu descobri que não há ninguém que irá perdoar meus erros e me aconselhar para o bem como eles. Serão sempre um Tesouro que Deus me deu, para honrar.
Esse ano descobri que também para ter "amigos", não precisamos jurar amor eterno e que sempre de alguma forma alguém em algum canto irá lembrar de você, com a mudança de colégio, eu achei que os meus "supostos" amigos do passado, que faziam promessas falsas, de amor eterno, irião querer saber sobre minha vida, de como estava, mas, minha expectativa foi totalmente errada. A verdade é que aqueles que fazem promessas inválidas e juras de amor eterno, acabam sendo os primeiros a te deixar.
Prometi a mim mesma, que depois da minha primeira decepção amorosa, não voltaria a me enganar por tão pouco, confesso que não me apaixonei e sim apenas 'preenchi' minha cabeças em algumas horas. Porque fiquei anestesiada de qualquer falsa promessa e vi que quando for pra ser, será! A vida irá me trazer quem eu mereço e quando isso acontecer ocorrerá tudo bem!

Foi tudo tão diferente, que pra contar acaba sendo tão repetitivo, porque a palavra "mudança" e "superação" irá reprisar toda hora.

Não foi o melhor ano, mas, prefiro crescer do quer ser a mesma de 2009! ;)
Bom Ano Novo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário