.

.

9 de mar de 2011

Nos últimos momentos...


"Eu vou sentir a sua falta!". Foi o que disse quando o abracei, por alguns segundos, parecia que aquela longa jornada de solidão e angustia tinham valido a pena, me senti forte e madura o suficiente para entregar meu coração novamente a ele; pronta para ama-lo mais do que nunca pronta para me sentir de novo nos braços do menino que mais amei na vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário