.

.

4 de nov de 2012

Acredite de novo, mas, em VOCÊ!


Irá ter dias que iremos simplesmente não entender porque continuamos na escuridão sozinhos, sendo que há tanta vida lá fora.... 
E você irá precisar de uma pessoa, a unica e exclusiva pessoa que não poderá te apoiar, te erguer ou até mesmo perguntar o que tem acontecido com você... Não por que ela não te quer bem, não por que ela quer  que você sofra. Ela não poderá te ajudar porque nunca irá entender o que você passou para chegar aonde está e ter esse vazio que tem... E você pode simplesmente dizer todos os motivos para todas as suas ações desde então e ela continuara achando que pode ser tudo simples e que você não passa de alguém dramático  quando na verdade o que você está procurando é a compreensão.
Mas não se preocupe, você não vai morrer e teu mundo não irá acabar. Por que o mundo não para por corações partidos, nunca parará.... Você terá força, por mais estranho que possa ser, pois irá precisar se reconstruir e vai cansar de se sentir no chão. Você dormirá dizendo que será a ultima noite em claro e que amanhã o dia terá de ser mais produtivo e você mais maduro...
Olhará no espelho e irá conseguir ver o que não observou desde o começo, a tua essência e que tudo que ocorreu não foi sua culpa ou culpa de alguém, a culpa é da vida. Vida que quer te ensinar a crescer sozinho, afinal, nenhuma criança aprende a andar de primeira, ela vai cair e chorar e teu instinto fará com que ela tome mais cuidado da outra vez... E é assim que tem que ser. 
Se você perdeu algo ou alguém, não fiquese ficar culpando o tempo todo e não procure alguém que reconheça isso... Por que lá no fundo você sabe, que deu o melhor de si, se não era o melhor pra alguém e porque não era pra essa pessoa que você tinha que se empenhar.
E quanto as promessas e as juras. Deixa isso de lado, aposto que quando criança prometeu a sua mãe que nunca mais iria mentir e mentiu muitas vezes depois... Promessas e juras na verdade não passam de palavras e palavras são jogadas ao vento a todo instante, assim como as suas foram e as de alguém também será. 
Não se preocupe, não sofra tanto, não chore tanto, ter uma vida ainda já é um bom motivo para você recomeçar mesmo que do fundo do poço, aos poucos você irá subir, de degrau em degrau... Dê uma chance a você mesmo, chance a alguém ou até mesmo a um objetivo novo. Daqui por diante você irá ver que os tombos não doerão tanto e que você já esta caminhando bem e principalmente sozinho, independente de qualquer machucado.

- Bruna Carmona




Nenhum comentário:

Postar um comentário